Conheça o prêmio

O QUE É

Instituído pela ABRH-Brasil em 1993, o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia (PSH) se consolidou como instrumento de valorização das melhores iniciativas dedicadas ao desenvolvimento das pessoas dentro e fora das organizações, assim como de estímulos ao pensamento criativo e identificação de novos talentos.

O nome da premiação faz uma homenagem a Oswaldo Checchia, um dos fundadores da ABRH-Brasil e grande articulador para o reconhecimento da área de Recursos Humanos como estratégica nas organizações (veja mais abaixo).

O NOVO PSH

Em 2017, o PSH  foi aperfeiçoado e ganhou novos conceitos e critérios para reconhecer e promover os melhores trabalhos em gestão de pessoas. Sua proposta é fruto de um longo trabalho participativo, ouvindo pessoas em todo o país, em especial os profissionais de gestão de pessoas ligados à ABRH-Brasil.

A partir dos novos conceitos, os regulamentos foram revistos. Entre as principais mudanças, estão as novas modalidades de participação:

• Gestão de Pessoas – Acadêmica
• Gestão de Pessoas – Administração
• Gestão de Pessoas – Desenvolvimento
• Gestão de Pessoas – Jovem
• Gestão de Pessoas – Sustentabilidade

Além disso, foram criadas duas premiações especiais:

• Pequenas e Médias Empresas – PMEs
• Personalidade RH

“A ABRH-Brasil acredita que o crescimento do país passa pela solução de seus temas críticos. Entre eles, estão a educação e capacitação das equipes e modernização do ambiente de negócios para que as organizações se tornem tanto mais humanas quanto eficientes, inovadoras e produtivas. O PSH quer estimular as melhores práticas de gestão que favoreçam a participação e a iniciativa das pessoas, contribuindo com ideias pragmáticas e transformadoras. Quer incentivar as organizações a contar com modernos sistemas de gestão de RH e que, assim, possam se diferenciar. E, com tudo isso, quer contribuir para que as organizações se tornem mais avançadas, sólidas, éticas e com resultados sustentáveis” – Luiz Edmundo Prestes Rosa, diretor de Desenvolvimento de Pessoas da ABRH-Brasil e coordenador do PSH 2017

 

QUEM FOI OSWALDO CHECCHIA

Oswaldo Checchia_br

Presidente da ABRH-Brasil na década de 1970, por duas gestões consecutivas, Oswaldo Checchia faleceu em 1997, aos 77 anos. Membro-fundador da associação e da ABRH-SP, ele participou, em sua gestão, da criação do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), ao lado do então ministro do Trabalho Arnaldo Prieto. Checchia também presidiu a Federacion Interamericana de Asociaciones de Gestion Humana (FIDAGH) e foi vice-presidente da World Federation of People Management Associations (WFPMA).  Sua carreira profissional, uma trajetória de 60 anos, inclui a gerência de RH em empresas como Grupo Industrial Santista, Telefunken do Brasil e Rhodia, tendo recebido várias premiações, entre elas, o Georges Petipas Memorial Awards, concedido pela WPFMA, e o Premio Oscar Alvear, da FIDAGH.