Edições do Prêmio

MODALIDADE GESTÃO DE PESSOAS – ORGANIZAÇÃO

Algar Universidade de Negócios (MG)
Case: Integrar – Plano de desenvolvimento de talentos da Algar Telecom integrado com a estratégia do negócio

O case foi motivado pelo desafio de ter talentos desenvolvidos e qualificados para alavancar os resultados da organização, contribuir com o alcance dos objetivos estratégicos e promover a retenção e transferência dos conhecimentos-chave (tácito para explícito).

O Plano de Desenvolvimento de Talentos, criado sob medida para atender à necessidade da Algar Telecom, reúne elementos inovadores como: LND 360º – Levantamento de Necessidades de Desenvolvimento 360º– método elaborado para a identificação de gaps e de competências essenciais ao negócio Telecom e a serem desenvolvidas na empresa –, que promove a participação de associados de todos os níveis hierárquicos por meio de entrevista, workshop e pesquisa; Utilização de Trilha de Desenvolvimento com ações de desenvolvimento presencial, a distância e híbrida, de forma a contemplar 100% de participação do quadro da empresa; Utilização de Programa de Milhagem para estimular o engajamento; Criação de Política de Multiplicadores Internos; e Mensuração dos Resultados.

Entre os principais resultados alcançados estão: transferência de conhecimento tácito para explícito, desenvolvimento de competências essenciais para o negócio, ganho de conhecimento, melhoria de processos e sistemas, redução de custos na contratação de consultores e economia em gastos com viagens, hospedagem e coffee break.

Mais informações
dayse@algartelecom.com.br (Dayse Freitas)
lucianacf@algartelecom.com.br (Lucia Coelho)
pfonseca@unialgar.com.br (Patrícia Fonseca)
soniasb@unialgar.com.br (Sonia Santos)

 

Banco Mercantil do Brasil (MG)
Case: Líderes formando líderes – Projeto Diretoria de Tecnologia

O projeto surgiu a partir do estudo quantitativo e qualitativo dos resultados da Pesquisa de Clima aliado às percepções do diretor e seus respectivos gerentes, motivados com o propósito de aprimorar a qualidade nas relações de gestão e feedback das equipes.

Na primeira fase, o projeto teve como objetivo promover o alinhamento de conceitos, vivência nas ferramentas e experimentação das práticas de gestão de pessoas contemporâneas, voltadas para as demandas da diretoria. Foi conduzido por um coach externo e a presença de um representante da área de Capital Humano.

Na segunda fase, o modelo aplicado foi formatado pelos próprios gestores e área de Capital Humano. Com o objetivo de formação dos gestores subordinados através do modelo “líder-coach” e do compartilhamento no grupo das experiências em relação às oportunidades de aprendizagem e melhores práticas de gestão nas equipes. Esse formato efetivou aplicação e adequação dos conceitos e ferramentas às necessidades de cada gerência.

Destacam-se como resultados:
• Maior proximidade entre os gestores e consequente melhora na relação de confiança;
• Melhoria na relação e comunicação com a equipe, refletindo no clima interno;
• Domínio e aplicação de técnicas contemporâneas de gestão de pessoas.

 

Bettanin Industrial (RS)
Case: Inclusão de pessoas com deficiência intelectual/mental: O desafio de uma gestão bem-sucedida

O Programa Superar contempla a inclusão de pessoas com deficiência nas empresas InBetta, com destaque na deficiência mental/intelectual. O trabalho foi desenvolvido com o compromisso de incluir esses profissionais adequadamente, buscando conhecer as habilidades de cada deficiente, respeitando suas limitações, criando postos de trabalho efetivos, adequando as tarefas e proporcionando qualificação. Esse conjunto de medidas contribui para o aprimoramento do profissional fortalecendo sua autoestima e confiança.

O programa de inclusão contribuiu não só com o profissional com deficiência, mas com a empresa. Ajuda a promover o convívio com a diversidade e a desenvolver a consciência humana quanto aos profissionais com deficiência na organização. Dessa forma, além de atender uma exigência legal, a empresa alcançou resultados significativos, por ter acreditado e investido na potencialidade de indivíduos que, por falta de oportunidade, estavam fora do mercado de trabalho.

O sucesso do programa está diretamente vinculado à capacidade de desenvolvimento de pessoas com deficiência, aliado ao empenho dos profissionais envolvidos no processo de inclusão.

Especialmente a inclusão de deficientes intelectuais/mentais nas empresas InBetta é uma prática de destaque por sua contribuição social, por estar voltada a um grupo para o qual poucas organizações estão abertas e por obter sucesso no desenvolvimento, atração e retenção de profissionais com esse tipo de deficiência.

Mais informações
ritapi@inbetta.com